O PROFANADOR - EDDY VOMIT
"Pensar em demasia é sofrer em constante agonia"
Textos
UMA ANALOGIA FILOSÓFICA ENTRE A CAVERNA DE PLATÃO E A CAVERNA DO DRAGÃO!!!
 
Parece ser um tema bastante inusitado, mas tem tudo em comum. A começar pela palavra "CAVERNA". No sentido literal, entende-se como caverna, um buraco ou um côncavo (cova) que existe entre rochas ou que é feito de modo subterrâneo. Quando esta cavidade é subterrânea, pode-se chama-la também de Cova. Neste quesito cientifico dá-se a entender que pode-se habitar uma caverna ou não. Sendo homem ou sendo seres de outras espécies, tanto que nos primórdios o homem realmente habitou as cavernas. Tanto que até hoje chamamos nossos antepassados de "Homens das Cavernas". Aonde quero chegar com tudo isso? Simples, quero dizer que até hoje todos nós vivemos numa profunda e escura caverna tal e qual nossos antepassados, só que não se damos conta disso devido nossa cegueira filosófica.
Vamos ver o que Platão quis dizer em seu "Mito da Caverna". A teoria da Caverna de Platão apareceu primeiramente à cerca de 500 anos antes de Cristo na antiga Grécia sob a égide do já conhecido na época filosofo Platão que foi discípulo de Sócrates e mentor de Aristóteles e fundo o Liceu para ensinar sua filosofia que era completamente diferente daquela dos tempos do pré-socrático, Platão foi um poeta revolucionário com seu mundo da ideias e deixou um legado que até hoje é estuda por muitas Universidades mundo afora. No livro "A Republica", onde Platão idealiza um governo perfeito liderado por filósofos, o mito da Caverna aparece em forma de alegoria. Vamos à ela:

" Imaginem caros leitores homens acorrentados sem poderem se ver ou se mover e forçados somente a olhar para a parede no fundo da caverna? Seria insano esse castigo e causaria sérios distúrbios psicológicos em quaisquer mortal que fosse castigado dessa forma. Pois bem, atrás do prisioneiros existe uma enorme fogueira separada por eles por uma baixa parede, por detrás da qual passam pessoas carregando objetos que representam "homens e outras coisas viventes". As pessoas caminham por detrás da parede de modo que os seus corpos não projetam sombras, mas sim os objetos que elas carregam. Os prisioneiros não podem vê-los, só enxergam as sombras das coisas que eles carregam e por isso, tais pessoas acham que esta é a única realidade que existem em sua volta.
Agora imagine que um dos prisioneiros consiga escapar e seja forçado a olhar o fogo e os objetos que faziam sombras (uma nova realidade, um novo conhecimento), isto é, ele consegue enxergar através de sua escura caverna e um mundo novo se abrirá para ele. Eufórico com sua nova descoberta, ele volta para a caverna e conta as boas novas para os outros prisioneiros que não aceitam essa conversa e acabam matando o pobre descobrir da outra realidade. Isto significa que quem vive na " Caverna de Platão" é capaz de matar para se manter nela e não aceita que exista nada fora da caixinha de Pandora" Agora vou falar um pouco da Caverna do Dragão.
Caverna do Dragão foi uma série animada coproduzida pela Marvel Productions, TRS e a Toey Animation, baseado no RPG homônimo, a Caverna do Dragão originalmente exibido entre 83 & 85 pela Rede de TV americana CBS dividido em 3 temporadas com 27 episódios. A série conta a estória de seis meninos que ao embarcar numa Montanha Russa em algum Parque de Diversões americano, eles se veem tele transportados para um mundo de "Capa e Espada", onde o objetivo e voltar para seu mundo enfrentando muitos perigos contra o monstruosos Dragão TIAMAT que na mitologia Suméria e Babilônica significa " A DEUSA DOS OCEANOS", outro antagonista é o Vingador e seu Cavalo negro voador Pesadelo que são os principais inimigos da turma, além deste terríveis inimigos tem o Demônio das Sombras que ajuda o Vingador em seus planos para derrotar os garotos. Vamos ao personagens principais:

HANK (O ARQUEIRO) - Com apenas 15 anos de idade é o mais corajoso da turma e nutre um afeto por Sheila sua companheira nas aventuras. É o líder nato e se sente culpado pelo acontecido com o grupo, tem o respeito de todos. Sua arma é um poderoso ARCO que lança flechas  magicas muito poderosas que tem excelente poder para derrotar seus inimigos.

ERIC (O CAVALEIRO) - Também tem 15 anos de idade e por ser filho de pais muito ricos, é revoltado pelo que lhe aconteceu e quase sempre se torna  irritante e egoísta, mas sempre esta disposto a ajudar a turma. Sua arma é um poderoso ESCUDO que o ajuda a se proteger de raios e das  investidas dos inimigos.

DIANNA (A AMAZONA ACRôBATA) - Com 14 anos é um dos personagens mais flexíveis e um dos mais corajosos. Ela esta sempre disposta a correr riscos para salvar seus amigos. Tem um BASTÃO magico que a ajuda a fazer suas acrobacias espetaculares.

SHEILA (A LADINA) - Com 13 anos é a irmã mais velha de Bobby, é a mais boazinha do grupo e possui uma "CAPA COM CAPUZ" que lhe dá o poder da invisibilidade. Corresponde a afeição de Hank.

PRESTO (O MAGO) - Com 14 é o mais atrapalhado e medroso do grupo e sua insegurança sempre gera chacota de todos, principalmente de Eric que pega o tempo todo em seu pé. Possui um "CHAPÉU VERDE MAGICO" na qual ele pode tirar qualquer coisa, mas quase sempre dá errado e sempre no final dá certo.

BOBBY (O BARBARO) - Com 8 anos é o irmão caçula da bela ruiva Sheila e demonstra sua impaciência desde de sempre e coloca o grupo sempre em perigo, mas é muito corajoso e não gosta do Eric. Possui um "TACAPE" na qual ele abate todos os seus adversários....Bobby tem como principal amiga a linda filhote de Unicórnio UNI que com seus belos olhinhos azuis, parece falar com ele, UNI parece saber das coisas muito antes de todos eles e seu misterioso conhecimento tambem é motivo de especulação para  os ardorosos fãs da série.

Agora chegamos no tema principal. O misterioso Mestre dos Magos que no seriado é o guia dos garotos, é um estranho mago de pequena estatura que fala através de códigos e isso irrita e muito os meninos, principalmente Eric que sempre zomba do Mestre e este com sua paciente magista da a resposta certa ao Cavaleiro no tempo certo. Na estória, seria ele o responsável para leva-los de volta ao mundo real, mas isso nunca acontece. Parece que na verdade Mestre dos Magos nao quer que os meninos voltem para seu mundo ou que ele parece esconder a verdade dos garotos. Esse mistério nunca foi solucionado e tudo ficou em aberto. Agora vamos a as analogias...

Vocês poderiam afirmar que as duas Cavernas tem algo em comum? Eu digo que sim e que não! Sim no quesito de ambos os grupos viverem em suas cavernas e não pelo caso de os prisioneiros não saberem que existe outras esferas, enquanto os garotos tem a certeza de que há algo além do espelho. As Cavernas em si são ambas alegóricas, mas com significados bem diferentes, enquanto a caverna de Platão cega a alma, a outra à engrandece com aventuras e sonhos. Ambas as Cavernas guardam segredos, sendo que a de Platão esconde a realidade de seus prisioneiros e a do Dragão não tem uma realidade pré-definida. Apenas especulações juvenis de que a realidade na qual eles querem voltar ainda possa ser possível, mas em muitos episódios, dá-se a entender que eles nunc amais poderão voltar para aquela dimensão. Estariam os garotos mortos e por isso presos para sempre na Caverna do Dragão? Talvez sim ou talvez não, o certo é que os prisioneiros de Platão estão mortos por dentro e os da caverna do Dragão talvez por fora....Os vários mitos se confundem em ambas ocasiões e isso também as tornas uma e outra coisa ao mesmo tempo. Onde a escuridão em Platão, há luz no Dragão e aonde há trevas no Dragão, a luz floreia a Caverna de Platão. O certo é que tentar sempre sair das cavernas em si é algo inato aos humanos, mesmo que muitos não queiram sair, sempre haverá alguém para rasgar o VÉU DE MAIA e descobrir a verdade das Matrix em si, pois toda caverna é um Matrix circuncidada em si mesmo, isto é, ela é velada para que nada saia do foco em questão e quando se quebra este contato, abre-se a tal "FALHA NA MATRIZ", no caso de Platão é quando um doa prisioneiros foge e descobre o mundo real que transmuta do imaginários na qual ele estava acostumado e tbm no Dragão quando se abre a fenda e dá-se a ver o mundo que tantos eles querem voltar, e em ambas as oportunidades o fracasso chega, tanto par ao prisioneiro que enxergou a luz no fim do túnel, quanto para os meninos que querem voltar para casa. Mas por que isso acontece?

Creio que o medo da verdade, impeça os personagens em ambos os casos de se livrarem de suas mentiras irreais, isto é, mesmo querendo descobrir a realidade da mentira, eles a temem e por isso na HORA H tudo corre por entre os dedos com a s areias da ampulheta egípcia.... O que quero demonstrar aqui e que por mais que a realidade nos bata a porta, a verdade sempre será dolorosa e difícil de enfrentar e por isso o fracasso se torna mais usual que a vitória e isto que nos rege ao longo das Eras. Sim meus amigos! O medo nos rege, o medo de descobrir o que não se pode descobrir e por isso nos afugenta de volta para nossas cotidianas cavernas com em nossos queridos personagens desta loucura filosófica.... Abram suas mentes e tentem fugir de suas CAVERNAS, pois nelas só encontrarão desolação e mentiras......
Espero que tenham gostado destas linhas tortas de um louco que sempre tenta fugir de sua propria  Caverna de Eddy Vomit!!!

FIM!
Eddy Vomit
Enviado por Eddy Vomit em 17/08/2021
Alterado em 17/08/2021
Comentários